SER CRISTÃO, O ETERNO DESAFIO – Parte 08

OS PASSOS QUE DEVEMOS DAR PARA CRESCER ESPIRITUALMENTE

Assim como na macieira, não pode haver real crescimento espiritual no caráter do cristão sem DILIGÊNCIA E TRABALHO DURO. Aquele que é infiel no pouco(nas coisas do mundo) será infiel também no muito(nas coisas espirituais) Lucas 16,10.

O segundo estágio do crescimento espiritual é o CONHECIMENTO, mas o conhecimento prático.
Jesus nunca propôs teorias complicadas e abstratas. Seu ensinamento era baseado em atividades familiares práticas: semear, pescar, cuidar do gado.

A mais essencial forma de conhecimento na vida cristã é o CONHECIMENTO DA VONTADE DE DEUS REVELADA NA ESCRITURA. É prático e exige estudo regular.

O terceiro estágio é a TEMPERANÇA, também chamado de AUTOCONTROLE ou AUTO-DISCIPLINA.
Pode não parecer, mas para vivermos uma vida harmônica precisamos ter disciplina em nossas emoções, nossos apetites, nossos pensamentos.
Precisamos discilinar não só nossas ações mas, principalmente, nossas reações.

O quarto estágio é a PERSEVERANÇA, ou seja, a capacidade de vencer os vários testes e provações que inevitavelmente vão expor áreas fracas, indisciplinadas de nossa personalidade.

O quinto estágio é a PIEDADE. Uma pessoa que se tornou vaso da presença de Deus em sua vida torna-se estranhamente consciente de assuntos de eternidade.

O sexto estágio descreve dois tipos diferentes de AMOR.

O AMOR FRATERNO que descreve o modo como os que crêem em Jesus devem relacionar-se com os outros, seus irmãos e irmãs em Cristo.

Não nos iludamos. Esse amor fraterno não é fácil de conquistar. A história nos mostra séculos de lutas entre grupos rivais de cristãos, todos clamando lutar pela “verdadeira Igreja”.

O estágio final do crescimento espiritual – o AMOR ÁGAPE – representa o fruto maduro do caráter cristão. É o amor que nos faz “abençoar os que nos amaldiçoam, fazer o bem àqueles que nos odeiam, e rezar pelos que nos desprezam e perseguem” (Mt5,44).

É o amor que Jesus demonstrou na cruz quando orou pelos que o crucificavam: “Pai, perdoai-os, porque não sabem o que fazem.” (Lc 23,34).

A contemplação dos frutos do Espírito Santo plenamente desenvolvidos pode nos deixar humilhados e, ao mesmo tempo, inspirados.

Humilhados, porque percebe-se o muito que ainda se tem a caminhar;
Inspirado, porque consegue-se captar um lampejo de algo mais lindo do que qualquer outra coisa que este mundo pode nos oferecer.

Os dias não serão fáceis, raramente não têm batalhas a serem vencidas. Mas a meta, o prêmio, é “o chamado que do alto nos dirige Deus em Cristo” (Fl 3,13).

Qual o objetivo de tudo o que se expôs? Para que tanto esforço, disciplina, perseverança?

Deus tem um duplo propósito ao nos redimir pelo Sangue de Jesus.
Nos salvar do inferno e preparar um povo para Ele, um povo que estará no trono com Cristo Jesus.
“Em verdade, eu vos declaro: no dia da renovação do mundo, quando o Filho do homem estiver sentado no trono da glória, vós, que me haveis seguido, estareis sentados em doze tronos para julgar as tribos de Israel.”(Mt 19,38)

Para que isso aconteça não basta clamar que “nascemos de novo”. Temos que perseverar em algumas atitudes comportamentais

1 – FIRMEZA – Se vamos participar da exaltação de Cristo Jesus, precisamos primeiro participar de sua morte e, depois, permanecer firme até o fim, através de vários testes.
“Eis uma verdade absolutamente certa. Se morrermos com Ele, com Ele viveremos. Se soubermos perseverar, com Ele reinaremos.”(2Tim 2.11- 12)

2 – MANSIDÃO, POBREZA DE ESPÍRITO – O Reino não será destino dos arrogantes e auto-afirmativos, mas dos que reconhecerem não ser dignos de tal honra.
“Ele (Deus) levanta do pó o mendigo, do esterco retira o indigente, para fazê-los sentar-se entre os nobres e outorar-lhes um rono de honra”
(1Sm 2,8)

3 – PUREZA – São João fala da esperança de sermos transformados na semelhança de Cristo na sua volta, e acrescenta:“Todo aquele que Nele tem esta esperança torna-se puro, como ele é puro” (1Jo 3,3).
E São Pedro nos diz como podemos purificar nossas almas: “obedecendo à verdade pelo Espírito”, o que resulta em “sincero amor pelos irmãos”(1Pe 1,22)

4 – AMOR À VERDADE – Se a tática preferida do mal é a mentira, nossa única proteção é : “cultivar o amor à verdade.”
Isso não se alcança lendo a Bíblia todos os dias em um momento de quietude, nem seguindo um código religioso, por mais ortodoxo que seja.

Exige um compromisso total e sem resrvas em Crer na Palavra de Deus e Obedecê-la.
No tempo de Jesus, muitos judeus reconheceram que Ele era o Messias, mas por medo das autoridades religiosas não o aceitaram, “pois preferiram a glória dos homens àquela que vem de Deus.”(Jo 12,43).

Podemos ser tentados a ganhar popularidade ao preço da verdade, deixando de lado “as palavras duras” de Jesus, apresentando um Evangelho que não exija sacrifícios, mas prometa apenas um caminho suave ao longo de toda vida.

Esquecemos do aviso de Jesus:
“Estreito é o portão e difícil o caminho que leva à vida, e poucos a encontram.” (Mt 7,14).

O que é necesário para vencer? PERSEVERANÇA!!!!

Meus irmãos e minhas irmãs, Muito do que vocês encontraram nestes textos está aprofundado em dois livros básicos sobre nossa religião: MORADAS DE DEUS e A FONTE E O VENTO. No primeiro deles, Dom Ciprino examina o princípio de tudo, nossa criação, nossa união com Deus e nossa ânsia em imitarmos Jesus. No segundo, aborda nosso relacionamento com Jesus e o Espírito Santo que habita em nós.

O que é necesário para vencer? PERSEVERANÇA!!!!

Meus irmãos e minhas irmãs, Muito do que vocês encontraram nestes textos está aprofundado em dois livros básicos sobre nossa religião: MORADAS DE DEUS e A FONTE E O VENTO. No primeiro deles, Dom Ciprino examina o princípio de tudo, nossa criação, nossa união com Deus e nossa ânsia em imitarmos Jesus. No segundo, aborda nosso relacionamento com Jesus e o Espírito Santo que habita em nós. Se quisermos realmente seguir Jesus, perseveremos nas atitudes comportamentais aqui descritas – FIRMEZA – MANSIDÃO – PUREZA – AMOR A VERDADE

Que Deus os abençoe
Mauro Malta

Posted in Grupo de Oração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *