SER CRISTÃO, O ETERNO DESAFIO – Parte 04

“SEREIS COMO DEUS, CONHECENDO O BEM E O MAL”

O problema básico do ser humano é não perceber o quanto é valioso. Precisamos focar mais na maneira como Deus nos vê do que na maneira como nós nos vemos.

Somos como alguém que é o legítimo herdeiro de uma grande fortuna, mas prefere abrir mão dessa herança por algo incomparavelmente menos valioso – uma noite de sexo; uma dose de estimulante artificial; um lugar de prestígio na política ou no mundo do entretenimento.

Esquecemos que Deus nos quer com poder em nossas vidas aprendendo mais a respeito Dele e mais a nosso próprio respeito.

Em Gn 3,5 lemos: “Sereis como Deus, conhecendo o bem e o mal” sussurrado pela língua da serpente.
No Jardim do Éden havia duas árvores especiais – a árvore da vida e a do conhecimento. Adão e Eva preferiram a árvore do conhecimento.

Desde então, a conquista do conhecimento tem sido um dos principais objetivos da humanidade.
O conhecimento deu ao homem a ilusão de ser deus, conquistou a capacidade de explicar o mundo através da ciência.

Se nas religiões primitivas o homem atribuía aos fenômenos naturais o poder divino, sacrificando vidas humanas ao deus da chuva, dos raios, das tempestades, das inundações, terremotos, hoje o homem se arvora em grande conhecedor das causas desses fenômenos e acredita ser capaz de, em mais algum tempo, explicar a vida humana.

Em outras palavras, o homem decretou a morte de Deus. Não precisa mais de Deus para explicar o mundo em que vive. Ele próprio, pelo progresso da ciência, acredita ser o detentor da verdade.

Mas qual Verdade? A verdade que destrói milhares de vidas com a bomba atômica? A verdade que envia naves espaciais ao universo e ainda não conhece em detalhes o corpo humano? A verdade que explica a mutação genética de animais?

Qual é o cientista que consegue explicar as mutações físicas causadas no ser humano pelo amor? Qual o cientista que consegue replicar em sua inteira sofisticação a mão humana? Ou a capacidade do ser humano reagir ao medo e assim se auto proteger do perigo iminente?

O cientista pode explicar, mas não sabe a razão pela qual agimos da forma como agimos.

Meus irmãos e minhas irmãs, no próximo texto encontrarão maiores explicações de como devemos harmonizar nossa vida para vivermos plenamente aquilo que Deus preparou para nós.

Dom Cipriano escreveu um livro que recomendo como aprofundamento do que estamos apresentando intitulado OS SONHOS DE DEUS PARA SUA VIDA, onde procura mostrar que nossa vida não se limita ao espaço em que habitamos.
Somos seres dotados de poderes espirituais que nos permitem viver além dessa nossa realidade. Fomos criados para vivermos sob as leis do Reino.

A Paz de Jesus
Mauro Malta

Posted in Grupo de Oração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *